Mari's FotoPage

By: Mari Lauer

[Recommend this Fotopage] | [Share this Fotopage]
[<<  <  [1]  2  3  >  >>]    [Archive]
Sunday, 9-Oct-2005 00:00 Email | Share | | Bookmark
Várias faces

 
 
 
Acredito que as pessoas tenham vários eus dentro delas. Eu tenho múltiplas personalidades. Até aí tudo bem, o problema é quando elas resolvem entrar em conflito. No final das contas, nem eu sei quem prevalece...


Sunday, 3-Jul-2005 00:00 Email | Share | | Bookmark
I LUV U TOMATE!

Eu e o tomate
Eu não tava no auge da minha beleza quando tirei esta foto, mas é que o tomate tava tão bonito! Foto tirada em janeiro de 2004. Ah, um dia ainda vou dizer pra alguém: I Love you too much...


Monday, 16-May-2005 00:00 Email | Share | | Bookmark
Coisa mais linda desse mundo!

 
Linda essa obra de arte da minha mãe! Ela conseguiu colocar todos os meus apetrechos de cabelo no meu cabelo (detalhe q ele é curto) e ainda fazer pintinhas. Ela também queria usar a minha maquiagem para me deixar mais bonita. ainda bem que eu não deixei. Daria para utilizar a foto como espanta barata.


Saturday, 14-May-2005 00:00 Email | Share | | Bookmark
Mulheres! - Fotos da Semana do Museu Oceanográfico - 09/2003

Kel, Má, Ângela e eu
Ângela, Má, Aline e eu
Eu e Jú
View all 5 photos...
Verdades Cruéis

Acreditar em mulheres
É coisa que ninguém faz;
Tudo quanto amor constrói
A inconstância desfaz.

Hoje ama, amanhã 'squecem,
Ora dores, ora alegrias;
E o seu eternamente
Dura sempre uns oito dias!...

(Florbela Espanca)


Tuesday, 10-May-2005 00:00 Email | Share | | Bookmark
Mulher no espelho

 
Hoje que seja esta ou aquela,
pouco me importa.
Quero parecer bela,
pois, seja qual for, estou morta.

Já fui loura, já fui morena,
já fui Margarida e Beatriz.
Já fui Maria e Madalena.
Só não pude ser como quis.

Que mal faz esta cor fingida
do meu cabelo, e do meu rosto,
se tudo é tinta: o mundo, a vida,
o contentamento, o desgosto?

Por fora, serei como queira
a moda, que me vai matando.
Que me levem pele e caveira
ao nada, não me importa quando.

Mas quem viu, tão dilacerados
olhos, braços e sonhos seus,
e morreu pelos seus pecados,
falará com Deus.

Falará, coberta de luzes,
do alto penteado ao rubro artelho.
Porque uns expiram sobre cruzes,
outros, buscando-se no espelho.


[<<  <  [1]  2  3  >  >>]    [Archive]

© Pidgin Technologies Ltd. 2016

ns4008464.ip-198-27-69.net